5 Dicas Para Fazer uma Ótima Primeira Consulta

Atualizado: Fev 13

Nutricionista, quando você começou a atender em #consultório, teve dúvidas sobre como fazer uma ótima primeira consulta? Nós também!


Foto: Xperia6/ Fonte: pixabay.com
  • Como se comportar?

  • Quais roupas vestir?

  • Como conduzir a anamnese?

  • Como fazer a #antropometria?

  • Quais materiais entregar para o paciente?

  • Como fazer ele sair do consultório bem motivado?

Temos certeza que todas essas perguntas já passaram por aí! Pensando nisso, nossa Equipe decidiu escrever esse post para você deixar seu paciente com gostinho de quero mais!


Antes de mais nada...


A primeira #consulta é como se fosse um primeiro encontro. Ou seja: a primeira impressão vale muito! O Nutricionista precisa cativar seu cliente e mostrar a ele o quanto aquela consulta poderá mudar a sua vida. Afinal de contas, paciente satisfeito volta e ainda indica outras pessoas para se consultarem com você!


Entendendo que não é preciso fingir nem forçar a barra, mas que educação e simpatia são fundamentais, vamos às dicas?


Dica 1- Cuidado com sua aparência!

Foto: Outsideclick/ Fonte: pixabay.com

Isso mesmo! Ao lidar com pessoas, a aparência conta muito! Sendo assim, é muito importante que o Nutricionista não use roupas curtas, decotadas, chamativas ou transparentes. Não precisa estar antenada à "última moda em Paris", e nem gastar uma grana com suas roupas. O importante é que você saiba que suas roupas causam uma impressão, uma ideia na mente do #paciente.


Roupas transmitem uma ideia de quem você é e se relacionam diretamente com seu #marketingpessoal. Além disso, aposte em uma maquiagem mais leve. Assim você deixa seu paciente mais à vontade para conversar com você, sem distrações!


Dica 2- Seja receptivo!

Foto: AbsolutVision/ Fonte: pixabay.com

Muitas pessoas têm um certo “medinho” de ir ao #Nutricionista, principalmente porque esse profissional fará inúmeras pontuações sobre algo muito ligado ao comportamento e às emoções: a comida. É quase igual criança que tem medo de ir ao dentista, sabe? Dá aquele frio na barriga, aquela vergonha de saber que uma pessoa verá o seu #peso, pegará nas gordurinhas do seu #abdômen... Fora o desafio de mudar velhos hábitos para chegar ao um objetivo…


Dessa forma, na hora que o seu paciente chegar para se consultar com você, seja pontual, vá até a porta recebê-lo, pergunte se ele precisa de uma água (um cafezinho), se está tudo bem… Essas simples atitudes podem quebrar o gelo na primeira consulta e mudar (e muito!) a forma como ele te verá daqui para a frente! Mostre que você não é um "fiscal da comida" e muito menos uma pessoa que vai brigar com ele. Muito pelo contrário! Você é alguém que está ali para ajudá-lo a resolver um (ou vários) problemas.


Mostre que ele pode confiar em você.


Dica 3- Faça uma anamnese bem detalhada!

Foto: ernestoeslava/ Fonte: pixabay.com

A palavra #anamnese vem do grego “anmnesis” e significa recordar. Um significado tão simples, mas que tem uma enorme complexidade e relevância no #atendimentonutricional. Na prática clínica, anamnese significa a rememoração dos eventos relacionados à saúde e à identificação de #sinaisesintomas , com o intuito de entender, com o máximo de precisão, a vida do paciente e os motivos que o levaram a consultar. Dessa maneira, a anamnese é importante para que o Nutricionista entenda 3 dimensões para fechar o diagnóstico do indivíduo: o paciente em si, o motivo pelo qual ele procurou acompanhamento e as circunstâncias associadas.


Esse momento com o paciente determinará se a relação entre vocês dois será transparente. As informações dadas na anamnese, muitas vezes dependerão, do grau de confiança que o indivíduo deposita no Nutricionista.


É preciso ouvir nas entrelinhas!


É preciso prestar muita atenção!


É preciso olhar nos olhos do seu paciente.


É preciso não julgá-lo!


Lembre-se: a colaboração e adesão do paciente à conduta nutricional dependerão de um bom vínculo, de uma boa anamnese!



Dica 4- Utilize materiais informativos!

Foto: Gustavo Fring/ Fonte: pexels.com

Sim! Essa dica pode fazer toda a diferença em sua primeira consulta! No momento da anamnese, você pode utilizar recursos visuais para facilitar a tomada de informações, como, por exemplo, mostrar o tamanho dos talheres, miniaturas de alimentos e outros recursos que poderão auxiliar na descrição das informações pelo seu paciente.


Além disso, quando o paciente relatar algum #hábito ou atitude alimentar que esteja inadequada para o seu objetivo, você já pode mostrar a ele o porquê da inadequação e dar informações para que algumas mudanças ocorram dali para frente. Usar imagens do corpo humano, slides, folders, infográficos… Tudo isso poderá auxiliar na consulta e fazer com que seu paciente lembre-se de você para sempre!


Quer um bom exemplo? Se seu paciente lhe dizer que termina as refeições muito rápido, que tal mostrar um bom esqueminha que relaciona a mastigação com o centro de #saciedade do cérebro e o #emagrecimento? Lembre-se que nós, seres humanos, somos muito visuais!


Dica 5- Escolha uma ferramenta de cálculo personalizada!

Foto: Gabby K/ Fonte: pexels.com

Essa dica é de ouro. Anota aí: Nutricionista que utiliza um bom programa para auxiliar no direcionamento da consulta é mais feliz! hahaha Brincadeiras à parte, um #ProgramaDeNutrição que possui uma anamnese completa, que analisa resultados antropométricos, exames bioquímicos, questões comportamentais e alimentares, facilita (e muito) na hora da consulta. Esse direcionamento facilita, e muito, na hora de passar informações importantes ao seu paciente antes mesmo de ter o plano alimentar em mãos.


E na hora de #CalcularDieta então? Nem se fala! Tem Nutricionista que já gosta de calcular o #planoalimentar no momento da primeira consulta, tem Nutricionista que entrega o plano depois de alguns dias. Vai da conduta de cada um! Mas já pensou em um programa que permite um cálculo de dietas em até 15 minutos*? Você pode já entregar o plano alimentar para o seu paciente na hora, ou ganhar agilidade quando estiver calculando em casa.


Aqui na Cookie você encontra esse programa! São as Planilhas Cookie! Clique aqui e conheça nosso material!


Gostou?

Conte para nós quais dessas dicas você já utiliza em suas consultas! Quais delas vai começar a utilizar a partir de hoje? Deixe suas respostas nos comentários! 😉

Toledo e Souza Prestação de Serviços Ltda/ Copyright© 2001 - Cookie

CNPJ: 28.831.601/0001-65

Av. D, n. 419, 4º andar - Setor Marista

Goiânia/ GO - CEP 74.150-040

contato@cookie.com.br/ WhatsApp (62) 98134.3414