Dobras Cutâneas, Bioimpedância ou DEXA? Qual o Melhor?

Atualizado: 12 de Out de 2021

Nutricionista, existem diversos métodos para que você avalie a composição corporal de seu paciente. Dentre as mais utilizadas estão a antropometria – com a medição de dobras cutâneas – a bioimpedância e o DEXA. Qual dos três é o melhor para sua prática dentro do consultório? Você já se fez esta pergunta?


dobras cutaneas bioimpedancia DEXA.
Foto: Public Domain Pictures / Fonte: pixabay.com

Avaliação de composição corporal


Na avaliação da composição corporal, o nutricionista consegue distinguir e quantificar os principais componentes do organismo humano, principalmente a massa magra, massa muscular e a massa gorda ou tecido adiposo. Essa avaliação é fundamental para que o nutricionista faça uma avaliação completa do estado nutricional! Além disso, os resultados de composição corporal vão direcionar o planejamento dietético e servirão de base para o monitoramento das modificações corporais ocasionadas pela prática de exercícios físicos.