Carrinho Vazio

Blog da Cookie

Whey, Egg ou Soy? Qual a Melhor Proteína Para Suplementar?

suplementos proteína

Ao decidir tomar um suplemento de proteína, alguns questionamentos devem ser feitos:

1. Estou precisando de suplementar proteína?

2. Se sim, qual delas devo escolher: whey, soy, egg?

3. Quais marcas são confiáveis?

whey proteína

Todo suplemento proteico, prescrito com precisão e associado a uma rotina de treinos e sono voltados para o ganho de
massa muscular, auxilia o processo de anabolismo, sendo por isso indicados em situações de pré e, especialmente, pós treino.
Sabe-se que a ingestão de proteínas pós exercícios, especialmente se combinada com carboidratos (maltodextrina, por exemplo), melhora a recuperação muscular e promove síntese proteica. Antes de dormir também é uma boa hora para tomar seus suplementos, pois durante o sono acontece grande parte da recuperação e supercompensação muscular, que são mecanismos determinantes da hipertrofia. Além disso, boa parte da liberação do GH (hormônio de crescimento), um dos principais hormônios anabólicos, ocorre durante o sono, em picos médios de 3 em 3 horas (entendeu porque para quem quer ganhar massa muscular é importante dormir bem?), potencializando ainda mais os resultados da musculação.

E sobre qual proteína tomar, resolvemos conversar um pouco sobre isso aqui no blog, já que esse é um questionamento comum entre praticantes de atividade física, principalmente nas academias.

Caseína

A caseína compõe cerca de 80% da proteína do leite. É uma proteína de alto valor biológico, muito utilizada na suplementação de atletas e praticantes de atividade física que desejam aumentar massa muscular. A caseína tem a capacidade de evitar quebra de massa magra, e estimular a síntese de proteínas devido ao seu ao valor biológico e lenta metabolização. O pico médio após a ingestão de suplemento de caseína é demorado, cerca de 4 horas. Devido a essa metabolização lenta e progressiva, é indicada como anticatabólico noturno, a ser ingerido antes de dormir. Uma sugestão é o Liv Cal, da Livié, produto a base de caseína.

Albumina

A albumina é a proteína de maior concentração da clara do ovo. É rica em BCAAs e arginina, o que auxilia na promoção da síntese proteica. Sua velocidade de absorção sob a forma de suplementos é intermediária à caseína e ao whey protein. A albumina é um dos produtos mais utilizados pelos praticantes de atividade física em academias de musculação. Por ser uma molécula grande tem um poder alergênico razoável. Devido ao tempo demorado de absorção, uma parte pode não ser aproveitada, não devendo ser ministrada em grandes doses. As reações gastrointestinais mais comuns em quem ingere suplementos à base de albumina são flatulência e alteração odor fecal.

Whey Protein Isolada

Whey protein é a proteína do soro do leite. Com alto valor biológico, esta proteína vem ganhando campo quando se trata de suplementação. Na forma isolada, é isenta de lactose e gorduras, com cerca de 92% de proteína em sua composição. De rápida absorção, com pico médio de pool de aminoácidos no sangue após uma hora de ingestão, é mais indicada para intolerantes à lactose ou que desejam resultado anabólico mais rápido, uma vez que a biodisponibilidade de proteína é maior quando comparada à whey protein concentrada. 

Whey Protein Concentrada

Este whey passa pelo processo de filtração e contém em sua composição lactose e gorduras, grande quantidade de BCAAs e cerca de 30% até no máximo 80% de proteína. Essas diferenças exigem que o nutricionista e o consumidor observem o conteúdo de proteína por dose: wheys mais concentrados são indicados para desportistas, pois apresentam 80% de proteína e 6,7% dos demais macronutrientes; wheys com menor concentração proteica são mais indicados para outros públicos que precisam incrementar a qualidade da dieta e que não têm restrições com ingestão de lactose. Sua absorção é mais lenta que o isolado e o hidrolisado, apresentando elevação do pool de aminoácidos no sangue cerda de 1h30 min a 2h após a ingestão.

Whey Protein Hidrolisada

Este tipo de proteína apresenta-se na forma de peptídeos, tornando sua absorção mais rápida ainda. Em 40 minutos já é observada alteração no pool de aminoácidos no sangue. Pode ser a isolada hidrolisada (melhor opção, pois terá uma qualidade excelente que garante isenção de lactose e gordura) ou a concentrada hidrolisada e deve ser tomada imediatamente após o treino.

Proteína de Soja

A proteína isolada de soja é a única proteína vegetal que tem alto valor biológico, diferente da ingestão da soja em grão ou proteína texturizada de soja. É rica em arginina, tem baixos níveis de gorduras e é considerada um alimento funcional. Tem efeito fito estrogênico.

suplementos alimentares

Estudos demonstram que a melhor forma de suplementação proteica é o mix de proteínas (caseína + whey + soja), uma vez que o whey sozinho pode promover elevações rápidas na concentração de aminoácidos e, no entanto, tais elevações não serem sustentadas, apresentando o mix um efeito mais duradouro. Contudo, todos os suplementos estudados elevaram a síntese proteica, OK? Outra sugestão que deixamos à vocês é o Liv-WP3, da Livié, um mix de proteínas do soro do leite: Whey Protein Concentrado, Whey Protein Isolado e Whey Protein Hidrolisado.

Por fim é importante lembrar: suplemento tem esse nome justamente porque não é o principal. Principal é a comida, e os suplementos são adicionais, são complementares!!! Na dúvida (que quase sempre acontece), fica a dica: pergunte ao seu nutricionista. Ele é o profissional adequado a prescrever de acordo com sua dieta e objetivos.

Quer saber mais sobre hipertrofia? Leia mais sobre o assunto aqui!

 ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦

Gostou do que leu?

Texto: Ju Tolêdo, Lúria Papacosta e Mônica Cardozo

>Post Patrocinado <

Deixe o seu comentário

Carrinho Vazio