Carrinho Vazio

Blog da Cookie

Melhore sua Pele com Colágeno

colágeno

Com o passar dos anos, as pessoas, principalmente as mulheres, se preocupam com o avanço da idade e as consequências disto. O aparecimento das tão temidas rugas, a firmeza da pele que não é mais a mesma e a celulite são os problemas que as mulheres mais detestam quando o assunto é corpo, não é mesmo? Por isso, hoje vamos falar um pouco mais do amigo da pele: o colágeno. O colágeno é uma das proteínas mais queridinhas do corpo, pois além de firmar a pele, adiar as rugas e amenizar a celulite, contribui bastante para o fortalecimento das articulações, unhas e cabelos.

celulite

Você aí sabia que sua pele é o maior órgão do seu corpo? E que o envelhecimento cutâneo é um fator que acomete a todas as pessoas? (Sim! Até aquela atriz linda mesmo aos 60 anos passa dia a dia pelo dilema da pele). Esse processo envolve vários fatores e teorias que tentam explicar porque o mesmo ocorre, como o envolvimento da liberação de radicais livres, mutações genéticas, envelhecimento intrínseco e extrínseco. A soma desses fatores promove alterações a nível dérmico, dentre elas perdas de colágeno, elastina, fibras reticulares e outros, que são responsáveis pela elasticidade, sustentação e firmeza da pele.

Quando falamos de envelhecimento extrínseco, devemos nos lembrar dos fatores ambientais e sociais que estão diretamente relacionados à saúde do corpo e da pele: radiação ultravioleta UV (UVA, UVB e UVC), poluição, tabaco, alimentação, sedentarismo, entre outros. Já o envelhecimento intrínseco é o tipo programado pelo nosso relógio biológico, esperado, previsível, inevitável e progressivo, que acomete todas as partes do corpo de todas as pessoas, independente de classe social, raça ou cultura.

Na busca de retardar o envelhecimento cutâneo, uma das estratégias seria tentar aumentar a reposição das fibras dérmicas, ao mesmo tempo tentando minimizar suas perdas. Uma das formas que atende essa estratégia com mais objetividade é a ativação de fibroblastos, que são os responsáveis pela síntese das fibras colágenas.

colágeno

Vamos falar um pouco mais sobre o colágeno

O colágeno é uma proteína que contém cadeias de peptídeos dos aminoácidos glicina, prolina, lisina, hidroxilisina, hidroxiprolina e alalina, que são organizadas de forma paralela a um eixo, formando as fibras de colágeno, que proporcionam resistência e elasticidade à estrutura presente. Várias pesquisas tem mostrado a importância do colágeno e seus aminoácidos constituintes como matéria-prima na manutenção e reconstituição da pele, dos ossos, dos tecidos cartilaginosos e da matriz extracelular.

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

Você sabia?

O ácido ascórbico tem papel fundamental no crescimento e reparação do tecido conectivo. A vitamina C está diretamente relacionada na síntese de colágeno e glicosaminoglicanas, fundamentais para manter a tonicidade e a firmeza da pele. Portanto, para que haja uma formação adequada de colágeno, é necessário o trabalho conjunto entre a vitamina C e a adequada ingestão de proteínas que fornecerão os aminoácidos que formam o colágeno da nossa pele.

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

Com o passar dos anos e, consequentemente, com a produção de colágeno reduzida, temos que nos atentar para uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos que ajudam a diminuir os impactos do envelhecimento. Porém, em alguns casos, podemos recorrer aos suplementos nutricionais que contêm aminoácidos estimuladores da produção de colágeno, tanto na pele, nas articulações e até para melhora do cabelo e das unhas.

Nossa sugestão de hoje é o Colágeno Hidrolisado da Sanavita, que reune colágeno hidrolisado puro com antioxidantes (vitamina A, C, E e zinco). Disponível em embalagens de 150 e 300 g e com variados sabores: original, cappuccino, abacaxi com hortelã, morango com açaí, tangerina, uva, limão com clorofila e frutas amarelas. Indicado para homens e mulheres que desejam repor os aminoácidos que ajudam a sintetizar o colágeno no corpo e melhorar a firmeza e elasticidade da pele, a saúde das unhas, cabelos e articulações.

colágeno hidrolisado sanavita

Mas lembre-se!

  1. vitamina c e colágenoO uso de suplementos de colágeno não faz milagres e não funciona isoladamente! Para ter um bom efeito, alie seu consumo com uma vida mais relax, alimentação saudável, exercício físico, exposição adequada ao sol, sem consumo excessivo de bebidas alcoólicas e cigarro.
  2. Na alimentação também podemos encontrar o colágeno: nas proteínas animais! Carne vermelha, frango, peixes e ovos. E os alimentos que ainda podem contribuir, como fontes de vitamina C, são: acerola, caju, limão, abacaxi, kiwi, laranja, morango e pêssego, além de folhas verdes escuras e outras fontes de vitamina E, selênio e zinco, como avelãs, amêndoas e castanhas.

colágeno

Consulte seu nutricionista! Ele saberá o melhor plano alimentar para você, que se adequa ao seu estilo de vida. Além de adequar o consumo diário de proteínas e vitaminas, que ajudarão a combater o envelhecimento precoce. Saúde!

Gostou do post?

 

Siga cookie no instagram

 

Texto: Anne Karoline
Pesquisa: Paulo Henrique Costa
Revisão: Ju Tolêdo

Bibliografia Consultada:

CARVALHO, G. D. Efeito da ingestão de água de coco e água magnetizada na reparação de feridas experimentais em coelhos. 2012. Tese (Doutorado em Veterinária) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.

MACIEL, D.; OLIVEIRA, D. D. Prevenção do envelhecimento cutâneo e atenuação de linhas de expressão pelo aumento da síntese de colágeno. V Congresso Multiprofissional em Saúde, Londrina, 2011.

MORETTI, B. R. Efeito da suplementação do leite com proteínas de diferentes fontes (soro de leite, soja e colágeno) e da composição da cultura lática em iogurtes. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos – Ciência e Tecnologia dos Alimentos, Universidade Estadual de São Paulo, 2009.

SILVA, T. F.; PENNA, A. L. B. Colágeno: características químicas e propriedades funcionais. Revista Instituto Adolfo Lutz. São Paulo, v. 71, n. 3, p. 530-539, 2012.

ZIEGLER, F. L. F.; SGARBIERI, V. C. Caracterização químico-nutricional de um isolado protéico de soro de leite, um hidrolisado de colágeno bovino e misturas dos dois produtos. Revista de Nutrição. Campinas, v. 22, n. 1, p. 61-70,2009.

Deixe o seu comentário

Carrinho Vazio