Carrinho Vazio

Blog da Cookie

5 Dicas Para Se Pesar Corretamente

peso

Muita gente adora se pesar, outros nem tanto… você se encaixa em qual destas opções? Quando o assunto é peso e massa corporal muita gente se preocupa, seja no que diz respeito a ganhar peso, ganhar massa magra, ganhar massa muscular ou emagrecer! E, já que há tanta preocupação com os número da balança, ela deve se estender a diversos fatores que devem ser levados em consideração para evitar a flutuação do peso e, consequentemente, informações imprecisas.

Antes… o que é peso?

pesar

O peso é uma medida constantemente utilizada no processo de avaliação nutricional. É considerado uma medida simples que representa a soma de todos os componentes corporais (água, gordura, ossos e músculos) e relaciona-se com o equilíbrio proteico-energético do indivíduo.

Esta medida deve ser interpretada com cautela, pois ele não discrimina a composição corporal (massa gorda X massa muscular), a condição hídrica (desidratação, edema) ou as diferenças na estatura óssea do indivíduo.

balança antropométrica

Para saber o seu peso mais perto do correto possível é necessário que um padrão seja seguido! Por isso trouxemos algumas dicas para você ficar de olho no peso de seu corpo, com o mínimo de erro possível:

1- De olho na balança

balançaAs melhores balanças são aquelas comuns, com pesos que não podem ser retirados. Porém, elas são grandes e difíceis de transportar. Essas balanças devem ser colocadas em uma superfície dura e nivelada e verificadas regularmente com um peso conhecido! Assim, pese-se sempre na mesma balança para não se confundir. Se for um local público (como farmácias e até mesmo academias) cobre do responsável pelo local que a calibragem seja feita!

2- De olho nas roupas

roupas pesar

Vestir o mínimo de roupas possível é altamente recomendável, até porquê as roupas pesam! Caso você vá ao nutricionista ou médico, leve junto com você uma roupa leve! Nada de jeans, ok? Caso não seja possível, pese sempre utilizando a mesma roupa.

3- De olho no calçado

pesar descalço

Pesar descalço é outra boa recomendação! Quantas pessoas você já viu se pesando em balanças de academia (ou até mesmo de farmácia) usando sapatos pesados, como tênis, por exemplo? Aquelas gramas a mais no leitor do equipamento podem assustar!!!

4- De olho no horário

pesar no mesmo horário

As medidas devem ser, se possível, feitas no mesmo horário do dia, porque refeições, bebida, bexiga cheia e a atividade intestinal podem afetar a leitura. O horário ideal para se pesar é pela manhã, em jejum.

5- De olho no suor após exercícios físicos

pesar na academia

Evite ao máximo se pesar após a realização de exercícios físicos (ou até mesmo após fazer aquela sauna)! O suor causa perda de líquidos, que logo são recuperados após a ingestão de água ou outras bebidas. Pesar nestas situações podem levar à uma falsa impressão de perda de peso. Então, não se engane!

Dica Extra – Mulheres no período menstrual

pesar tpm

O ciclo menstrual influencia a pesagem devido à retenção de líquidos! Então, é recomendável que o peso seja aferido fora do período pré-menstrual e de menstruação, pois a diferença pode ser de até 2kg até 4kg na balança, para algumas pessoas.

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

Gostou das dicas de como se pesar?

pesar

Preste bastante atenção em todas elas e diminua as chances de engano no que diz respeito à perda ou ganho de peso! Como você viu, esta medida pode ser subestimada ou superestimada: não a tome como uma verdade incontestável! O melhor ainda é procurar ajuda profissional! Consulte com seu nutricionista, pois ele saberá outros meios mais confiáveis de avaliar seu objetivo! Por um mundo com menos frustrações de peso e mais satisfações em saúde e qualidade de vida.

.

E você, nutricionista! Quais os cuidados toma para pesar seu paciente? Quais recomendações dá para que ele se pese corretamente mesmo fora do consultório? Conte-nos! Deixe-nos um comentário!

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

Siga cookie no instagram
Revisão: Ju Tolêdo

Bibliografia Consultada:

MANN, J.; TRUSWELL, A.S. Nutrição Humana – Volume 2. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2009.

Deixe o seu comentário

Carrinho Vazio