Carrinho Vazio

Blog da Cookie

Os Exames Laboratoriais Mais Importantes no Atendimento a Crianças

Nutrição Materno Infantil

Nutrição Materno Infantil

O atendimento a crianças, assim como o atendimento a todas as faixas etárias, deve levar em consideração uma abordagem nutricional completa. E os exames laboratoriais fazem parte de um conjunto de parâmetros que direcionam o nutricionista na avaliação do estado nutricional do paciente.

→ Avaliação antropométrica, dietética, clínica, comportamental e bioquímica são os parâmetros que devem ser seguidos para elaborar um bom diagnóstico nutricional do paciente. A partir deste processo, o nutricionista determinará as prescrições necessárias!

Avaliação antropométrica crianças

A consulta de nutrição pediátrica compõe-se, essencialmente, de três fases. A primeira fase, de caráter exploratório, inclui a avaliação antropométrica e a anamnese propriamente dita, com a coleta de informações clínicas e nutricionais atuais e pregressas, exame físico, exames bioquímicos e dados complementares fundamentais para a determinação do diagnóstico nutricional. A segunda fase caracteriza-se pela impressão diagnóstica, e a terceira, pela conduta nutricional.

Mesmo sendo muito importante, a avaliação dos exames bioquímicos ainda é uma avaliação complementar, pois muitos nutricionistas não pedem estes exames como rotina, já que o pediatra os pede com mais frequência. Muitas vezes, os exames bioquímicos são solicitados apenas quando há alguma investigação específica a ser feita na criança.

E quais exames são mais solicitados?

Exames laboratoriais

  • hemograma
  • glicemia
  • ferritina
  • ferro sérico
  • perfil lipídico
  • TSH
  • T4 e T3

Como solicitar?

Faça um formulário e coloque:

  • nome do paciente
  • exames solicitados e o meio a ser investigado
  • data da consulta
  • carimbo, assinatura do profissional solicitante com número de inscrição no CRN

Para quê?

A análise dos exames bioquímicos de crianças dá ao nutricionista a chance de investigar as alterações nutricionais mais comuns em crianças, com ênfase na detecção e acompanhamento de anemia, sobretudo em menores de 2 anos de idade; parasitoses, que podem comprometer a ingestão e a utilização biológica dos alimentos; e na detecção de hiperlipidemias (principalmente se a criança tem antecedentes familiares).

Nutri, fique ligado!

Nutrição Materno Infantil

Compete a você a inteira responsabilidade sobre as justificativas técnicas para todas as solicitações que você fizer, bem como sobre a leitura e interpretação dos resultados que estes exames oferecem. Ou seja: quer pedir um determinado exame? Lembre-se que para interpretá-lo você precisará de muito estudo e qualificação! Isto porque estas alterações de exames podem acontecer não apenas por questões nutricionais ou patologias, mas também podem ser relacionadas ao uso de medicamentos e outras questões comportamentais.

Outro ponto importante é que você pedirá exames bioquímicos com a ideia de fazer um planejamento nutricional completo e individualizado, porém o diagnóstico não se estende a doenças e outras condições. Diagnóstico de doenças é feito apenas pelo pediatra! Caso você encontre algum tipo de anormalidade nos exames de alguma criança, faça um encaminhamento ou peça para a mãe (ou responsável) do paciente marcar uma consulta com o pediatra.

 Gostou?

Nas Planilhas Cookie® você encontra a avaliação bioquímica completa para acompanhar todos os exames feitos por seu paciente, bem como os valores de normalidade, indicações de pedidos e análise de cada um! Tudo isso para que você faça sempre um atendimento de excelência e participe ativamente do crescimento e desenvolvimento de muitos pequenos!

Clique aqui e veja o que nossos clientes dizem sobre as Planilhas!

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

Cadastrar agoraInstagramFalando em nutrição materno infantil, assine nossa news e receba de brinde o e-book: “Manual de Orientação de Alimentação Infantil: Sociedade Brasileira de Pediatria, 2012.”

Aproveite e curta nosso perfil no Instagram! Todos os dias muita informação para você!

Texto: Anne Karoline Paiva
Revisão: Ju Tolêdo

Bibliografia Consultada:

ACCIOLY, E.; SAUNDERS, C.; LACERDA, E.M.A. Nutrição em Obstetrícia e Pediatria. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2009. 649 p.

Deixe o seu comentário

Carrinho Vazio