Carrinho Vazio

Blog da Cookie

Dieta Com Shakes: Funciona Mesmo?

Palavras mais ouvidas no meu dia a dia: dieta, obesidade, emagrecer. E permeando as tentativas (com ou sem sucesso), sempre vejo reportagens e ofertas de shakes para dietas de emagrecimento. Existem produtos de todos os tipos e marcas, com indicações das mais variadas. Respondendo a quem me pergunta: sim, sou a favor da reeducação nutricional – aprender a comer corretamente e conquistar saúde e boa forma com a ingestão de arroz, feijão, carne, leite, frutas, hortaliças, etc. Aprender a comer e saber fazer escolhas, independente do local em que esteja, faz parte da reeducação e readaptação na busca de uma vida saudável e de uma rotina sustentável, que possa ser seguida mesmo com o correria do dia a dia ou em situações de viagens, férias, trabalho, etc. Seja onde for, poder comer bem e sem culpa.

suplementação e dietaPor outro lado, sei também que suplementos, complementos e outros produtos podem ajudar a atingirmos nossos objetivos na dieta, seja para ganhar ou perder de peso, melhora da imunidade, hipertrofia muscular, etc. Tenho pós em nutrição esportiva e reconheço que diversos produtos podem ajudar. Por outro lado, conheço muitos que, ou fazem mal, ou não adiantam nada.

Então, se você quer tomar shake para emagrecer ou manter o peso, tome algo que:

  • não seja apenas uma febre comercial;
  • tenha uma declaração real e completa sobre seus ingredientes;
  • seja seguro: alguns shakes são tão concentrados e/ou possuem ingredientes “ocultos” que estão sendo apontados como causadores de problemas hepáticos e renais em revistas internacionais de nutrição;
  • não contenha aceleradores metabólicos, já que esses produtos costumam provocar efeitos colaterais cardiovasculares e neurológicos graves.

 

Sanafit CappuccinoMinha dica de hoje é o Sanafit®, da Sanavita. Ele contém maltodextrina, proteína isolada de soja, proteína concentrada de soro de leite, vitaminas, minerais e o exclusivo Saciemix – mix de espessantes composto por fibras, que diminui a fome, prolongando a sensação de saciedade. São apenas 103 Kcal por colher medida. E os sabores são top: Cappuccino (lançamento), Cookies & Caramel, Banana (com Chia e Linhaça), Frapê de Coco Crocante (com Chia e Linhaça), Vanilla, Morango com Blueberry, Chocolate Suíço e Frutas Tropicais.

Os shakes são indicados para substituir as refeições. Eu sugiro que substituam as pequenas refeições, na forma de creme de frutas, sucos enriquecidos com o shake, ou mesmo o shake só com leite desnatado, leite de soja ou água, já que muitas vezes faltam opções legais para lanchar e nessas horas o que sobram são biscoitos cheios de gordura trans ou salgados lotados de gordura e calorias. Este produto não deve ser usado na gestação, amamentação e por lactentes, crianças e idosos, exceto sob orientação de nutricionista ou médico. Eu não acho legal que ele seja substituto de almoço. Essa é uma grande refeição, que deve ser rica em alimentos nutritivos, como carne, arroz ou massas integrais, hortaliças e feijão. Para substituir o jantar, o shake deve estar condizente com o restante da dieta, e não entrar como uma compensação dos erros cometidos ao longo do dia e nos finais de semana. Já escrevi aqui no blog sobre esse lance de ficar sem jantar. Muito menos deve ser coadjuvante em dietas extremamente restritivas, que geram carências nutricionais e graves problemas de saúde. Quem não se lembra do caso da moça que fez uma dieta exclusivamente à base de shake e teve paralisia neuromuscular temporária por falta de vitaminas do complexo B?

nutricionista e dieta

O ideal é mesmo procurar um nutricionista, que vai montar uma dieta personalizada, que inclua o shake no seu cardápio, para que você não desenvolva outras carências nutricionais por ficar, simplesmente, sem almoçar e/ou jantar.

Texto: Ju Tolêdo

Deixe o seu comentário

Carrinho Vazio