Blog da Cookie

Conteúdos exclusivos sobre nutrição, saúde, estética e marketing para nutricionistas

Início / Curiosidades / Como Fazer um Currículo Convincente?

Buscar no Blog

  • Compartilhar post

23.03.2017

Como Fazer um Currículo Convincente?

Currículo

Vira e mexe, nossa Diretora de Relacionamento, Ju Tolêdo, recebe e-mails e mensagens de alunos e Nutricionistas pedindo ou perguntando se ela sabe de alguma vaga de estágio ou vaga de emprego. E diante dos erros e pedidos de ajuda, nossa equipe resolveu escrever alguns passos para fazer um currículo convincente e ter uma boa imagem diante do empregador!

Montar um bom currículo exige mais do que somente copiar um modelo de formulário! É preciso que você, antes de mais nada, saiba o que quer da sua carreira, quais as suas pretensões, objetivos e como se enxerga dentro do mercado de trabalho. Depois disso, alinhe seu currículo de acordo com o perfil de trabalho que você quer seguir e ao local no qual você divulgará suas informações. Caso vá se candidatar a uma vaga específica, direcione em seu currículo as informações mais relevantes que podem lhe ajudar a conseguir o cargo! Da mesma forma, se você enviará seu currículo para sites de emprego, por exemplo, é interessante que faça um documento mais genérico.

Vamos para as dicas para fazer um currículo convincente?

Currículo Convincente

Identifique-se, apresente-se

É muito comum as pessoas enviarem currículos e não escreverem nada no corpo do e-mail. Simplesmente anexam o currículo e mandam. Como este candidato, que não teve o cuidado básico de conversar com o empregador e explicar porque entrou em contato, quer convencer que será cuidadoso com as atividades do trabalho? Nestes casos, o e-mail fica com cara de spam, do tipo cópia oculta para um monte de empresas e Nutricionistas. É importante que você inclua seus contatos e preste bastante atenção em seu endereço de e-mail! Caso ele seja antigo, com apelidos, nomes no diminutivo ou palavras difíceis, providencie outro.

Deixe de lado os erros de ortografia e digitação

Se o candidato que faz ou fez um curso superior não sabe língua portuguesa, como a empresa terá confiança em contratá-lo? Isso é básico! Além do mais, se os erros forem de digitação, da mesma forma, podem sinalizar que o candidato não leu mais de uma vez e nem corrigiu seu texto antes de enviar o currículo.

Tenha clareza, objetividade e honestidade

Currículo

Estas devem ser as principais características na hora de montar um currículo. Caso seu currículo seja longo, selecione os principais pontos relacionados à vaga que você deseja. Lembre-se que seu arquivo precisa ser o mais objetivo possível!

Outro ponto muito relevante é a honestidade! Muito cuidado com o currículo de Pinóquio! Informar dados que são inverídicos podem te deixar em uma saia justa. É comum candidatos mentirem sobre fluência em idiomas, conclusão de algum curso, experiências profissionais, realização de trabalhos voluntários, motivo de desligamento da empresa anterior, local de endereço, sobre ter algum bem que a empresa exige como condição de trabalho… E muuitos outros!

Evite informações desnecessárias

Algumas informações só devem entrar em seu currículo se forem solicitadas. Caso este não seja o caso, evite inserir informações e documentos como cartas ou contatos de referência, certificados, número de documentos (RG, CPF), nome de familiares, data, assinatura e pretensão salarial! Muitas empresas também podem ver as famosas fotos anexadas aos currículos com maus olhos, principalmente se você colocar as mesmas imagens que publica em seus perfis sociais! Cuidado!

Facilite sua comunicação com o entrevistador

O currículo é uma das primeiras oportunidades de causar uma boa impressão, e em uma folha, o candidato deve resumir suas informações e sua trajetória de maneira que se destaque dos demais. Use uma ou duas linhas para explicar suas atividades e realizações anteriores, sua trajetória profissional, mencionando resultados obtidos e o tamanho das empresas que trabalhou.

Montando um currículo

Capriche

Em relação ao visual, capriche na formatação, na impressão e no papel. Não é para encher de florzinha, ok? É apenas apresentar um material organizado.

Tenha conteúdo

Recém-formados que nunca fizeram estágio, monitoria, escreveram artigo ou participaram de pesquisa, e que trazem consigo apenas a bagagem das aulas da graduação, que não é suficiente, soam como alguém que não se comportou ativamente na faculdade. Principalmente em casos nos quais a experiência profissional é exigida! Sendo assim, não é preciso deixar que a falta de experiência te prejudique! Se esse é seu caso, ainda dá tempo de correr atrás, inclusive fazendo um estágio, uma especialização ou mestrado e buscando oportunidades para participar de atividades relacionadas à área de atuação. Empregadores dão muito valor em quem quer aprender e corre atrás para isso! ;)

Dica de ouro: Ao início ou ao final de seu currículo, disponibilize o endereço do seu site ou blog, onde estarão seus vídeos, artigos que você escreveu, mídias sociais (sem pagar mico, por favor! Cuide da sua imagem pessoal na internet!). Por fim, cheque na web se os links colocados estão abrindo certinho.

Que tal? Faça um bom currículo, tenha sucesso e arrume um ótimo trabalho!

Gostou do post?

Cadastrar agoraCadastre-se no site da Cookie para receber mais notícias, novidades e curiosidades sobre mercado de trabalho e carreira. É rápido, prático, gratuito e, de quebra, você poderá escolher e-books sobre Nutrição que serão enviados diretamente para seu e-mail! :)

 

 

Texto: Anne Karoline e Ju Tolêdo
Revisão: Ju Tolêdo

 

Bibliografia Consultada: Revistas Você S/A Revista Info

Tags:

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

De brinde você escolhe de um a cinco e-books sobre nutrição totalmente gratuitos.