Carrinho Vazio

Blog da Cookie

Há Chocolates e Chocolates

caixa de chocolates

Por ocasião do meu aniversário, ganhei um belíssima caixa de chocolates da Vanessa Roriz, minha ex-estagiária. A caixa traz vários tipos de chocolates. Mais que um mimo: um luxo! Começa no branco, passa pelos ao leite (28%, 34% e 41% de cacau), continua no meio amargo (55% de cacau) e termina no amargo (70% de cacau).

chocolates

Caixa de chocolates que ganhei de aniversário. Não é um luxo?

Quanto maior o teor de cacau, mais indicado é o consumo do chocolate. Isto porque o cacau é fonte de antioxidantes que protegem o coração, veias e artérias.Outras doenças que estão sendo estudadas como possivelmente preveníveis ou controláveis com a ingestão de chocolate amargo são a tosse persistente (devido à teobromina) e pressão alta. Teoricamente, o chocolate amargo ajudaria na prevenção de todas as doenças relacionadas ao estresse oxidativo.

Por outro lado, chocolates ao leite têm maiores quantidades de açúcar e gordura saturada. Apesar de estarem relacionados com melhora de quadros de dor, depressão, estresse e nervosismo, podem desencadear ou potencializar problemas relacionados ao excesso de calorias, açúcar e gorduras, como obesidade, diabetes, aterosclerose, entre outros. O chocolate branco, por fim, é feito utilizando-se a gordura do cacau, e não a semente, como os negros. Ou seja: é mais gordo ainda e não tem potencial antioxidante.

Para quem não resiste, os melhores horários para ingestão de chocolate (com moderação!!) são após a musculação (para quem deseja ganhar massa muscular) ou como sobremesa, para evitar hiperinsulinemia. Variações bruscas de glicemia e insulina lesionam vasos sanguíneos, predispondo a doenças circulatórias. Também estão relacionados à maioria das desordens estéticas, desde queda de cabelos, passando por acne e terminando em ganho de gordura abdominal.

Gostou do post?

Siga cookie no instagram

Texto: Ju Tolêdo

Deixe o seu comentário

Carrinho Vazio