Blog da Cookie

Conteúdos exclusivos sobre nutrição, saúde, estética e marketing para nutricionistas

Início / Emagrecimento / Chá Verde Ajuda a Emagrecer: Verdade Ou Mentira?

Buscar no Blog

  • Compartilhar post
Como Calcular Dietas | E-book Grátis!

14.12.2017

Chá Verde Ajuda a Emagrecer: Verdade Ou Mentira?

Dietas e dietas e dietas… Será que não tem nada que a gente tome ou coma que, de fato, ajude a emagrecer com saúde? Muito ouvimos falar dos termogênicos, mas bem sabemos que eles apresentam efeitos muito leves e que permanecem ativos no corpo por menos de uma hora, em média. Mas há sim, uma luz no fim do túnel, muito além de restrições alimentares, produtos caros e ineficazes. Quer emagrecer? Talvez essa seja uma boa ideia para você levar até seu nutricionista e perguntar se seria bom para você também! Vem comigo!

Chá verde, ban-chá ou oolong?

Chá verde, chá branco, amarelo, vermelho, preto, ban-chá, matcha e oolong… são todos produzidos a partir da planta Camellia Sinensis. A principal diferença entre eles está no grau de processamento e oxidação da planta. A promessa destes chás de auxiliar no emagrecimento ganhou o mundo, já que neles há quantidades relativamente altas de cafeína e catequinas, substâncias que supostamente aumentam o gasto energético (termogênicas). Mas, sem dúvidas, o queridinho deste grupo aí é o chá verde, difundido há anos no Japão e na China. É a segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para a água! Devido ao seu potencial antioxidante, dentre outras características funcionais, tem sido utilizado na prevenção e tratamento de problemas crônicos, como doenças cardiocirculatórias, câncer, sobrepeso e obesidade. Há estudos que utilizam o chá até em tratamentos de gengiva até AIDS, bem como em tratamentos estéticos, como os anticelulite e de pele. chá verde Dependendo do nível de fermentação ou oxidação, os principais chás provenientes das folhas da C. sinensis podem ser classificados em:

  • Chá verde: não sofre fermentação durante o processamento, mantendo a cor original de suas folhas e sendo muito consumido no mundo
  • Chá oolong: parcialmente fermentado, resultando em um chá verde-preto, de produção e o consumo acentuados na China
  • Chá preto: seu processo de fermentação é maior do que o do chá oolong, o que contribui para sua coloração escurecida e sabor característico. Este tipo de chá é mais popular na América do Norte e Europa.

Eu nunca provei o oolong, mas acho o preto mais gostoso que o verde :)

E o que é que o chá verde tem?

A composição das folhas dos chás depende de diversos fatores relacionados ao cultivo da planta, como clima, estação, processos utilizados, tipo e idade da planta. As propriedades funcionais atribuídas ao chá verde estão relacionadas aos seus componentes polifenólicos: flavanóis (principais polifenois da planta), flavandióis, flavonóides e ácidos fenólicos. Dentre os flavonóis predominam as catequinas, sendo quatro as principais catequinas do chá verde: epicatequina (EC), 3-galato de epicatequina (GEC), epigalocatequina (EGC) e 3-galato de epigalocatequina (GEGC) - sendo esta a mais importante delas. Além dos polifenois, o chá verde também possui quantidades significativas de cafeína.

Emagrece mesmo?

Evidências sugerem que o extrato do chá verde contendo 25% de GEGC pode reduzir o apetite e aumentar o catabolismo de gorduras. Diversos estudos in vitro e em ratos foram feitos, mas nós somos humanos, certo? Apesar de ainda haverem controvérsias sobre a ação do chá verde como auxiliar na redução de gordura e peso corporal, eu encontrei alguns estudos duplo-cego interessantes, porém realizados com um universo amostral bem pequeno: Chá verde emagrece

  • 35 homens saudáveis, eutróficos e com sobrepeso, tiveram redução do percentual de gordura corporal, peso (IMC), circunferência da cintura, massa gorda, pregas cutâneas, área total de gordura, área de gordura visceral e dos níveis de LDL oxidada (colesterol ruim), ao consumirem uma garrafa de chá por dia, contendo 690 mg de catequinas provenientes do extrato do chá verde, por 12 semanas.
  • 14 homens saudáveis, sem modificações em suas dietas habituais, praticando treino físico de 5 km por 30 minutos, três vezes por semana, tiveram gasto energético aumentado durante a prática de atividade física, quando combinada à ingestão de 500 ml de uma bebida contendo 570 mg de catequinas, uma hora antes ou depois do treino físico, durante dois meses.
  • 195 homens e mulheres, eutróficos e com sobrepeso, apresentaram redução da gordura corporal, peso corporal, IMC, circunferência da cintura, relação cintura quadril, total de gordura corporal, área de gordura visceral, colesterol total e LDL, ingerindo 3 garrafas ao dia de bebidas com catequinas (alguns com 444,3mg/dia de catequinas e outros com 665,9mg/dia), durante 12 semanas.
  • Homens jovens, eutróficos, mostraram um significante aumento de 4% na energia despendida em 24 horas, aumento na excreção urinária de norepinefrina e um significante decréscimo no quociente respiratório de 0,88 para 0,85 (apontando maior oxidação de lipídeos), quando submetidos a uma dieta para a manutenção de peso (13% de proteína, 40% de gorduras e 47% de carboidratos) e ingestão de cápsulas contendo 50 mg de cafeína e 90 mg de GEGC,  durante 5 a 6 semanas. As mudanças não foram observadas no grupo que ingeriu 50 mg de cafeína sem GEGC. Os resultados apontaram propriedades termogênicas e de oxidação de gordura do chá verde.
  • Mulheres com sobrepeso ou obesidade (IMC entre 25 e 35 Kg/m2) perderam peso gordo, mantendo (no caso das sedentárias) ou ganhando massa magra (no caso das praticantes de exercícios resistidos).

Mulher exercício resistido

Resultados animadores, hein?

facebook grandeinstagram grande

  Se está gostando do post, aproveite para curtir nossa página no Facebook e seguir nosso perfil no Instagram!

Qual a maneira correta de preparar e consumir o chá verde?

A forma de preparo da bebida também deve ser considerada. Nem vou aqui falar daqueles pozinhos que vêm com maltodextrina ou polidextrose misturada a extrato de chá verde. Fora os atletas ou pessoas que fazem tratamentos para ganho de peso, ainda não entendo porque as pessoas tomam malto assim. Mas isso é assunto para outro post, rsrsrsrs…

A maneira correta de preparar o chá verde é esquentar a água até pouco antes da ebulição e despejá-la nas folhas de chá, bem devagar e do alto, para reduzir o processo oxidativo. A infusão deverá ficar abafada, sendo que alguns recomendam um período de 2 a 3 minutos, e outros afirmam que o tempo de infusão deve ser de pelo menos 5 minutos, sob agitação leve e a granel (o acondicionamento do chá em sachês reduziu a extração dos compostos bioativos do chá).  A proporção de água e ervas deve ser: para cada litro de água, quatro colheres de sopa de erva fresca ou duas colheres de erva seca. Porém, na hora de preparar, uma mesma razão erva:água mostrou uma maior eficiência na extração dos compostos bioativos do chá.

armazenamento das folhas por longo tempo não é recomendado, pois ocorre perda dos compostos fenólicos. Porém, a bebida preparada mostrou-se estável ao armazenamento em temperatura ambiente e em geladeira por 24 horas, sem aparentes alterações em seus principais bioativos e sem perdas das suas propriedades antioxidantes. Desta forma, o consumidor pode preparar o chá e consumi-lo ao longo do dia. Chá verde emagrece mesmo As sugestões de doses de chá verde que levariam a efeitos no emagrecimento variam largamente, mas tipicamente ficam em torno de 3 copos por dia, equivalentes a, aproximadamente, 240 a 320 mg de polifenóis. A ingestão deve ser fracionada ao longo do dia, para que a concentração de GEGC no plasma permaneça em níveis satisfatórios. A American Dietetic Association sugere o consumo de 4 a 6 xícaras de chá verde ao dia, a fim de obter os efeitos benéficos à saúde.

O chá verde dever ser consumido sem açúcar ou adoçante, entre as refeições, para não interferir na biodisponibilidade de nutrientes provenientes das grandes refeições. Quem quiser fugir um pouco do sabor amargo pode experimentar a adição de sucos de frutas ou outros chás no momento da ingestão. Não há estudos suficientes disponíveis sobre a eficácia do chá verde junto a outras bebidas, mas algumas receitas incluem cascas de maçã ou de abacaxi na infusão. Outra ideia é tomar cápsulas de extrato seco.

E lembre-se: cuidados com a qualidade da matéria-prima são fundamentais. Deve-se escolher marcas de melhor qualidade, livres de misturas e que contenham apenas as folhas da planta.

Existem contraindicações de consumo do chá verde?

De acordo com alguns pesquisadores, o consumo de chá verde por 12 semanas consecutivas se mostrou seguro para pessoas acima do peso e que desejam reduzir os riscos de desenvolverem desordens como diabetes e dislipidemia. Alguns estudos recomendam que a ingestão diária deste chá seja em doses moderadas, pois seu consumo excessivo, a médio e longo prazo, pode levar à disfunção hepática, constipação, diminuição do apetite, insônia, hiperatividade, nervosismo, hipertensão, aumento dos batimentos cardíacos e irritação gástrica. Além disso, altas doses podem causar efeitos adversos significantes pelo conteúdo de cafeína, especificamente palpitações, dor de cabeça, vertigem, insônia e complicações gastrointestinais.

Conclusão

O chá verde me parece uma das poucas opções realistas de adjuvantes do emagrecimento, que levam a efeitos reais, a um preço acessível e com relativa segurança. Como tudo que tem efeito mais fisiológico, diferente de cirurgias e medicamentos, seu efeito não é imediato. São meses de dedicação. Mas como ganhamos peso paulatinamente, não acho que o inverso seja injusto. Já tive experiências positivas com pacientes e familiares que tomaram chá verde com o objetivo de emagrecer, mas sozinho ele não faz efeito, já que o protagonista desta história é a mudança de estilo de vida. Nem pense em cortar caminho ou se enganar. É preciso cuidar sim, da alimentação, e praticar exercícios. O efeito do chá verde pode acelerar os resultados e ainda afetar de maneira extremamente positiva o psicológico, já que os resultados costumam aparecer mais rápido que nas tentativas em que não se fez uso do termogênico. Em outras palavras, o resultado pode ser animador! Mulher felizConverse com seu nutricionista, porque eu mesma, não posso tomar o chá: sinto muita irritabilidade. Se você tem predisposição a algum dos problemas colaterais descritos, fique mais atento ainda! Saúde!

Cadastrar agora

.

Se gostou do texto, cadastre-se no site da Cookie e receba novidades por e-mail! De quebra você ainda recebe gratuitamente 10 e-books de nutrição à sua escolha!

Texto: Ju Tolêdo

Bibliografia consultada:

Tags:

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

De brinde você escolhe de um a cinco e-books sobre nutrição totalmente gratuitos.