Blog da Cookie

Conteúdos exclusivos sobre nutrição, saúde, estética e marketing para nutricionistas

Início / Bem-estar / Beterraba Combate Anemia: Verdade Ou Mentira?

Buscar no Blog

  • Compartilhar post

16.07.2009

Beterraba Combate Anemia: Verdade Ou Mentira?

A anemia por carência de ferro (ferropriva) é a carência nutricional mais comum em nosso país. Os grupos de risco para sua ocorrência são mulheres em idade fértil, gestantes e crianças. As causas mais comuns são verminoses, pois levam a perdas de sangue, e a ingestão deficiente de ferro. Por isso, todo mundo tem uma receitinha para anemia. Elas incluem fígado, couve, beterraba… Pois eu lhes digo. Beterraba não é fonte de ferro.

Beterraba e anemia

Para curar a anemia deve-se descobrir sua causa e preferir, nesta ordem:

  1. figado bovino
  2. carnes vermelhas
  3. carnes brancas
  4. vegetais verde-escuro e feijões

Beterraba e anemia

O que acontece é que o ferro vindo de animais é mais bem aproveitado pelo organismo que o ferro de fontes vegetais. Para melhorar a absorção do ferro vegetal, é importante incluir na refeição os alimentos-fonte de vitamina C, como limão, laranja, abacaxi, tomate ou acerola.

Pela tabela de alimentos da UNICAMP, 100 g de cada alimento possui:

  • Beterraba cozida: 0,2 mg
  • Beterraba crua/ batata-doce cozida: 0,3 mg
  • Couve manteiga refogada/ brócolis cozido: 0,5 mg
  • Folha de mostarda crua: 1,1 mg
  • Atum enlatado em óleo/ sobrecoxa de frango sem pele assada: 1,2 mg
  • Pernil de porco assado: 1,3 mg
  • Feijão roxo cozido: 1,4 mg
  • Feijão preto cozido: 1,5 mg
  • Almeirão refogado: 1,6 mg
  • Contra-filé grelhado: 2,4 mg
  • Gema de ovo de galinha cozido: 2,9 mg
  • Fígado de boi grelhado: 5,8 mg


Conclusão: beterraba não é fonte de ferro e não ajuda no combate à anemia.

Texto: Ju Tolêdo

Tags:

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

De brinde você escolhe de um a cinco e-books sobre nutrição totalmente gratuitos.